Associação Yamurikumã: fortalecendo as mulheres do Xingu!

Facebook-Yamurikuma-1-2

 

O Instituto Catitu, junto com a Associação Yamurikumã, quer comemorar o Dia Internacional da Mulher Indígena neste 5 de setembro com você que reconhece a importância dela, não só dentro de suas sociedades como para o planeta.

No dia 21 de setembro daremos início ao nosso projeto  “RODAS DE CONVERSA DAS MULHERES XINGUANAS”. De aldeia em aldeia, por todo o Xingu, vamos fazer uma ampla discussão com todas as mulheres xinguanas para fortalecer sua organização. A partir dessas discussões vamos planejar novas ações para 2015. Você poderá ver como foi porque nossas cineastas vão filmar tudo.

 

VOCE PODE NOS APOIAR! 

A Associação Yamurikumã já conseguiu um espaço para a sua sede. Mas para começar a funcionar precisa de:

  • computador, internet, impressora, mesas, cadeiras e estantes
  • verba para despesas de funcionamento (telefone, água, luz, material de limpeza e de escritório)
  • recursos para produzir artesanato e camisetas, que servirão para arrecadar fundos para a Asssociação promover encontros, intercâmbios e oficinas de formação para as mulheres xinguanas.

 

Faça uma doação e receba, além da nossa gratidão, o DVD “Encontro das Mulheres Xinguanas” onde elas explicam por que criaram a Associação Yamurikumã e o que querem com ela.
Você também pode adquirir uma linda camiseta da Associação Yamurikumã por R$45,00. Peça a sua.
As doações podem ser feitas por meio de depósito na conta da Associação Yamurikumã das Mulheres Xinguanas:

Associação Yamurikumã das Mulheres Xinguanas:
CNPJ: 15.372.019/0001-36

Banco do Brasil
Agência: 1319-6
Conta corrente: 23002-2

Importante: Não esqueça de enviar um email para o Instituto Catitu com seus dados (nome, endereço e email) para podermos agradecer e informar como baixar ou receber o vídeo do Encontro das Mulheres Xinguanas.

Obrigada!

 

Sobre a Associação Yamurikumã

Objetivos:

  • Fortalecer as mulheres xinguanas para que possam participar e decidir junto com os homens sobre questões que afetam os povos do Parque Indígena do Xingu
  • Lutar por nossos direitos como mulheres e pelos direitos dos povos indígenas
  • Levar o pensamento e o posicionamento das mulheres xinguanas para o mundo do não-indígena
  • Levar informações importantes da sociedade não-indígena para as mulheres xinguanas.
  • Buscar formas para solucionar problemas trazidos pela cultura do não-indígena.
  • Melhorar a qualidade de vida das mulheres, das crianças e de nossas comunidades.
  • Promover ações para valorizar nossas culturas e nossos conhecimentos.

VIsite a página da Associação Yamurikumã no Facebook.

 

Sobre o Dia Internacional da Mulher Indígena

A data foi instituída em 1983, durante o II Encontro de Organizações e Movimentos da América, em Tihuanacu (Bolívia). A escolha desse dia foi feita porque em 5 de setembro de 1782 morreu Bartolina Sisa, mulher quéchua que foi esquartejada  durante a rebelião anticolonial de Túpaj Katari, no Alto Peru. A ONU Mulheres marcou a data reafirmando o apoio às mulheres indígenas na busca por justiça e em defesa dos direitos individuais e coletivos.

Conheça os projetos do Instituto Catitu voltados para as mulheres indígenas.